8 de dezembro de 2020

by Ralphe Manzoni Jr. – NeoFeed

BTG Pactual investe na Volpe Capital, fundo de venture capital de André Maciel

Depois do Softbank, o BTG Pactual se torna um dos principais investidores do fundo de venture capital que André Maciel está lançando no mercado brasileiro. O plano é captar US$ 100 milhões – metade disso já está garantido.

O investidor André Maciel trabalhou por 17 anos no J.P. Morgan. Quando deixou o banco americano, ele resolveu criar o seu próprio fundo de venture capital, o 30 Knots Capital, ao lado de Paulo Passoni, outro executivo com longa experiência no mercado financeiro, com passagem pela Third Point.

Mas aventura da dupla durou pouco. Enquanto captavam recursos para o 30 Knots Capital, em 2019, Maciel e Passoni foramchamados para uma reunião com Marcelo Claure, um dos principais executivos do Softbank.

Ambos acreditam que iam sair do encontro com um polpudo investimento do fundo japonês no 30 Knots Capital. Mas, surpreendentemente, foram convidados por Claure para tocar o fundo de US$ 5 bilhões para investir em startups na América Latina que o Softbank estava criando para a região.

Quase dois anos depois, Maciel deixou o Softbank e retomou o seu plano inicial. Ele está por trás da Volpe Capital, um fundo de venture capital para investir em startups em estágio inicial, que chega ao mercado com investidores de peso. O nome do Sotfbank já era conhecido de todos.

A Volpe Capital acaba de concluir as negociações com o seu segundo investidor-âncora do fundo. O banco de investimento BTG Pactual. “Estamos comprometendo um aporte significativo”, afirmou Renato Mazzola, sócio do BTG Pactual, com exclusividade ao NeoFeed. “O Maciel tem um bom histórico de investimento no Softbank.”

Veja a matéria completa aqui.

YouTube video