12 de janeiro de 2022

by Angelica Mari

Pedro Berto, da Volpe Capital, prepara fórum para aproximar startups da favela

O investidor de venture capital Pedro Berto está produzindo um evento de grande porte com o objetivo de colocar a favela no radar das startups brasileiras, conforme adiantado em primeira mão para o Startups.

Favela Summit terá a sua primeira edição no segundo semestre de 2022 e deve acontecer ao longo de dois dias de forma híbrida, ou seja, com audiências presenciais e participações de forma remota. Segundo Berto, o fórum terá como foco a aproximação da favela do ecossistema de inovação: a ideia é fazer com que startups, independente do estágio de maturidade, desenvolvam seus modelos de negócio pensando também nas favelas.

Segundo o VC, que trabalhava na Redpoint eventures e no ano passado se juntou à Volpe Capital, fundo criado pelo ex-Softbank André Maciel, o objetivo é fazer o evento em uma favela de São Paulo, em regiões como Capão Redondo, ou no Rio de Janeiro, na favela do Vidigal ou da Rocinha.

“É preciso fazer este evento na favela. Ainda que seja por um momento breve, já será o suficiente para aproximar os painelistas [do asfalto] desta realidade”, diz o investidor, que busca posicionar a favela não só como consumidora de produtos desenvolvidos por startups, mas também como produtora de mão de obra qualificada.

Neste momento, Berto está em discussões com os atores do ecossistema sobre diferentes tipos de atuação no evento. O investidor está abordando as próprias startups e empresas ditas tradicionais que tem uma grande interação com as empresas da nova economia, bem como fundos de venture capital.

Read de full article here.